Anderson acha que Ferrari tomou decisão errada ao escolher Binotto

O ex-diretor técnico da Jordan, Gary Anderson, acha que a Ferrari escolheu o homem errado para o cargo de diretor da equipe de Maranello.

Maurizio Arrivabene foi o homem que mandou na equipe de F1 do final de 2014 até a temporada de 2018. A equipe chegou perto no ano passado, mas nunca venceu nenhum dos dois campeonatos, completando mais de uma década desde seu último triunfo.

Binotto subiu no ranking dentro da Ferrari, iniciando sua carreira em 1995 e assumindo o departamento de desenvolvimento de motores em 2014, o primeiro ano da era V6 turbo-híbrida. No início desta era, a Ferrari estava milhas atrás da rival Mercedes, com os alemães chegando a título após título. O CEO da Ferrari, Sergio Marchionne, reformou a equipe em meados de 2016, nomeando Binotto como o chefe técnico da equipe. Desde então, a lacuna com a Mercedes foi fechada, com a Ferrari até mesmo tendo o pacote mais rápido na maior parte de 2018.

Então, parece lógico fazer Binotto o chefe da equipe, certo? De acordo com Anderson, não.

“Binotto é alguém que tem sido muito bom em ser um gerente técnico”, disse Anderson no Podcast da Autosport.

“Você tem que permitir que ele seja um gerente técnico. Esse é um trabalho em tempo integral, sete dias por semana. Não é uma coisa de meio período. Isso vai diluir seu esforço técnico com certeza”.

“Eu acho que é a decisão errada. Eles deveriam ter trazido outra pessoa.”

Apesar de Binotto ser a chave da melhor temporada da Ferrari desde 2007, Anderson argumenta que ele ainda não é o homem para o trabalho, já que a política não é o ponto forte de um técnico.

“Eu realmente não vejo por que você pegaria sua melhor pessoa técnica, e o colocaria em uma posição política e administrativa que não é seu forte. Por que você faria isso?”

“O que acontece no final de 2019 se a Red Bull alcançá-los e de repente a Ferrari ficar em terceiro ou quarto lugar no campeonato? Isso pode acontecer. Então a cabeça dele vai rolar”.

“Eles podem perder um recurso muito bom, porque o colocaram em uma posição em que ele não deveria estar”, finalizou Anderson.

Matéria completa: https://f1mania.lance.com.br/formula-1/anderson-acha-que-ferrari-tomou-decisao-errada-ao-escolher-binotto/