Proposta para 2021 estabelece um “passo na direção certa”, dizem os chefes de equipe

A Fórmula 1 está caminhando na direção certa com o pacote de regras proposto para 2021, de acordo com vários chefes de equipe, depois de terem sido apresentados durante uma reunião em Londres nesta semana.

O esporte está procurando introduzir uma série de mudanças destinadas a salvaguardar o futuro da F1, ao mesmo tempo em que o torna mais competitivo e mais justo, a partir de uma perspectiva de orçamento e dinheiro do prêmio.

Discutindo o que foi apresentado durante a reunião de terça-feira, que envolveu representantes de todas as dez equipes, a FIA, Liberty Media e outras partes interessadas, o consenso geral foi de que é um passo “positivo”, que embora provavelmente não satisfaça todas as dez equipes, é um bom compromisso.

“O Chase Carey foi aberto, e penso muito no que todos esperávamos em torno do limite orçamentário, distribuição de receita, governança e regras técnicas”, comentou o chefe da McLaren, Zak Brown. “Não acho que ninguém tenha ficado surpreso porque ele esteve consultando todas as equipes, desde o ano passado”.

“Foi tudo um passo muito positivo na direção certa. Provavelmente não é uma situação ideal para qualquer uma das 10 equipes, mas dado que você tem 10 equipes, você nunca vai pousar em algo que funcione para todos. Então, eu acho que o fato de que talvez não seja perfeito para qualquer time, significa que ele acertou bastante. ”

Guenther Steiner, da Haas, concordou, mas fez referência à difícil tarefa que Chase Carey e Ross Brawn têm em encontrar um acordo.

“Houve conversas positivas. Se todos concordarem com o que queremos, estaríamos prontos. Mas eles não concordam. Eles têm o que pensar, então, sem brincar sobre isso, eu acho é um bom passo à frente e esperamos que isso seja feito em breve, porque precisamos avançar”.

“Precisamos de regulamentos técnicos, precisamos da governança, para saber como isso funciona daqui para frente, mas Chase e Ross trabalham duro nisso, e junto com a FIA, com Jean Todt, espero que em breve eles possam encontrar a solução definitiva que para todos nós e encontrar o compromisso certo entre os 10, mas alguém tem que fazê-lo e eles vão fazê-lo.”

Espera-se que um teto orçamentário de cerca de US $ 200 milhões, seja confirmado para 2021, uma parcela mais justa do prêmio em dinheiro, embora se espere que a Ferrari mantenha parte do pagamento de bônus “especial”, além de uma lista maior de peças padronizadas, para garantir que as equipes menores não estejam em desvantagem”.

Franz Tost da Toro Rosso acrescentou: “Não há muito a acrescentar. Falamos sobre todos os tópicos que acabamos de mencionar, e penso que a Liberty Media e a FIA estão no caminho certo, e espero que em breve tenhamos um regulamento final sobre o esporte.”

“Em relação à perspectiva comercial, é um pouco difícil, porque como você pode imaginar as grandes equipes não querem gastar menos dinheiro, as equipes menores querem gastar menos dinheiro. É um compromisso que temos que encontrar para ter uma boa, competitiva, e interessante Fórmula 1 no futuro “.

Tost diz que agora é uma questão de tempo, e espera um pacote confirmado nos próximos seis meses.

“Eu acho que eles estão no caminho certo, mas o tempo agora está se tornando um fator crucial porque temos que decidir, ou eles têm que decidir, agora, a versão final de todos esses tópicos diferentes na próxima metade do ano, e espero que eles façam isso”, completou.

Confira os últimos vídeos do canal da F1MANIA no YouTube – ePRIX DE SANYA | Melhores Momentos | FÓRMULA E 2018/19 – 6ª etapa

Confira o GRID COMPLETO da temporada 2019 da COPA TRUCK:

F1 2019 | Ferrari apresenta SF90 vermelha e preta fosco:

F1 2019 | MCLAREN apresenta o MCL34:

F1 2019 | Red Bull apresenta RB15 ‘roxo, preto e vermelho’:

F1 2019 | Mercedes apresenta nova pintura para o W10:

FÉRIAS F1MANIA | Pilotamos uma FERRARI 488 GTB no SPEEDVEGAS:

Matéria completa: https://f1mania.lance.com.br/formula-1/proposta-para-2021-estabelece-um-passo-na-direcao-certa-dizem-os-chefes-de-equipe/