Vettel rebate críticas e reconhece que pode melhorar na F1

A temporada da Fórmula 1 para Sebastian Vettel, da Ferrari, não é das melhores. Campeão em quatro oportunidades, todas pela Red Bull (2010 a 2013), o piloto, ao contrário, não acredita que esteja fazendo um mau trabalho em 2019, apesar de reconhecer que tem pontos a melhorar para tentar alcançar o topo.

“Em Silverstone começamos em sexto e estávamos em terceiro em algum momento. Acho que outras corridas poderiam ter sido diferentes, então não estou preocupado, mas sei que posso ter melhores resultados. Já estou de olho na Alemanha”, disse o alemão em entrevista ao site Autosport.

O alemão ainda disse que temporada não pode ser comparada a de 2014, pela Red Bull (Foto: Andrej Isakovic/AFP)

Vettel está na quarta posição geral da Fórmula 1, com 123 pontos. Em sua cola, seu companheiro de escuderia, o jovem Charles Leclerc, com 120. Lewis Hamilton, da Mercedes, é o líder, com 100 pontos a mais, enquanto Bottas é o segundo (184) e Verstappen é o terceiro (136).

Falando no holandês, ele relembrou o episódio ocorrido em Silverstone, quando acertou a traseira de Verstappen e acabou punido. “Quando você fala de frustrações (nesta temporada), penso que é mais aqui e ali, e o resultado é o que está faltando. Penso que em termos de corridas, poderiam ter sido de outra maneira, então temos de ser corretos e não julgar por uma volta em particular (a do acidente com Verstappen)”, falou.

Se está ruim ou não, o fato é que Vettel não vence uma corrida desde o Grande Prêmio da Bélgica, em 2018, mas rebateu quando perguntaram se essas situações podem ser comparadas com sua fraca campanha em 2014, pela Red Bull. “Não, realmente. Primeiro, porque foi há muito tempo, e, segundo, porque é totalmente diferente”, finalizou.

O post Vettel rebate críticas e reconhece que pode melhorar na F1 apareceu primeiro em Gazeta Esportiva.