Após cancelamentos no rúgbi e F1, Japão se prepara para chegada do tufão Hagibis

Foto: TOSHIFUMI KITAMURA / AFP

O Japão se prepara nesta sexta-feira para a passagem do poderoso tufão Hagibis, que causou o cancelamento de centenas de voos e duas partidas da Copa do Mundo de Rúgbi e perturbou as eliminatórias do Grande Prêmio da F1.

A agência meteorológica do Japão (JMA) disse nesta sexta-feira que sua intensidade ciclônica era muito forte, apenas um grau a menos do que o nível máximo concedido anteriormente. Rajadas de vento de até 216 km/h são esperadas para este sábado pela manhã, algumas horas antes de Hagibis chegar ao centro e leste do Japão, incluindo a densamente povoada região de Tóquio.

A agência meteorológica prevê “ventos brutais e um mar violento” na madrugada de domingo em muitas regiões do país.

“Pedimos que tomem medidas de precaução para proteger suas vidas e as de suas famílias”, declarou uma fonte da JMA durante uma coletiva de imprensa.

Também são esperadas fortes chuvas em algumas regiões, com, por exemplo, 500 mm em 24 horas na área de Tóquio e até 800 mm no centro do país, de acordo com a JMA.

Os organizadores do Grande Prêmio de Fórmula 1 de Suzuka, perto de Nagoya (centro da cidade), cancelaram todo o programa de sábado nesta sexta-feira: os treinos livres foram limitados a sexta-feira e os de classificação para  domingo de manhã, pouco antes do início da corrida.

“A Federação Internacional de Automobilismo (FIA) e a Fórmula 1 apoiam essa decisão no interesse da segurança de espectadores, competidores e todos no circuito de Suzuka”, afirma um comunicado.

Duas partidas da Copa do Mundo de Rúgbi marcadas para sábado foram canceladas na quinta-feira: França-Inglaterra em Yokohama e Nova Zelândia-Itália, encontros que atrairiam cerca de 115.000 espectadores.

O post Após cancelamentos no rúgbi e F1, Japão se prepara para chegada do tufão Hagibis apareceu primeiro em Gazeta Esportiva.