Fórmula 1 teve Hamilton soberano e Ferrari decepcionante em 2019

Lewis Hamilton conquistou o título mundial da Fórmula 1 pela sexta vez em 2019, e pode realizar na próxima temporada o feito quase impensável até poucos anos atrás: igualar a marca do alemão Michael Schumacher, o grande recordista da categoria com sete títulos.

Em 2019, ele se tronou o campeão com o maior número de pontos em uma temporada na história da F1, com 413 pontos. Ao longo dos 21 GPs da temporada, Hamilton venceu 11 e subiu ao pódio em 17. Também foi dele o maior número de voltas mais rápidas no ano, com 6.

Lewis Hamilton conquistou o seu sexto título da F1(Foto: Dan Istitene/AFP)

“Tem sido incrível assistir muitos de vocês nesta temporada. Você tem a chance de ver quão incrivelmente competitivo todos são e quão duro cada um tem trabalhado este ano. Para mim esta tem sido sem dúvida a melhor temporada da minha vida,” afirmou Hamilton em discurso na entrega dos prêmios da Federação Internacional de Automobilismo (FIA), em Paris, na semana passada.

Companheiro de Hamilton na Mercedes, Valtteri Bottas foi mais uma vez ofuscado pelo britânico. A dupla fez a dobradinha nas primeiras cinco etapas e estavam em uma disputa acirrada pela liderança, com Hamilton na frente com 3 a 2 em vitórias. A partir daí, o britânico se isolou na ponta e foi abrindo vantagem ao longo da temporada. O finlandês fechou 2019 com quatro vitórias, 326 pontos e o vice-campeonato.

Ferrari decepciona e RBR surpreende com Honda

A Ferrari foi o grande destaque da pré-temporada e deu sinais de ter condição de superar a equipe alemã, mas desde o início da temporada na Austrália, seu SF90 mostrou limitações. Apesar do grande desempenho em retas, a Ferrari de 2019 enfrentou dificuldades com setores mais sinuosos e com desgaste de pneus.

De positivo, a Ferrari teve em Charles Leclerc, um dos grandes nomes do ano. O monegasco, em seu segundo ano na F1, conquistou duas vitórias e sete poles, além de protagonizar algumas das disputas mais acirradas na pista. Já Sebastian Vettel acabou superado na luta interna da equipe. Com apenas uma vitória em 2019, o tetracampeão fechou a temporada uma posição atrás de Leclerc na classificação final, em quinto lugar.

“Eu acho que perdemos o Campeonato ano passado quando projetamos o carro. Mais uma vez não tivemos um início competitivo na temporada e existem razões para isso. Então, para começar, acho que o projeto do carro não era bom o suficiente,” afirmou Mattia Binotto, chefe da escuderia.

Vettel teve ano decepcionante e foi superado por Leclerc em disputa interna na Ferrari (Foto: Giuseppe Cacace/AFP)

Por outro lado, a Red Bull foi uma grata surpresa na temporada. Ao longo do ano, a evolução foi marcante e colocou Max Verstappen como principal desafiante das flechas de prata. O holandês encerrou 2019 em terceiro lugar na classificação geral e, com três vitórias, só ficou atrás da dupla da Mercedes.

“Nós estamos muito perto da Mercedes. Honda tem trabalhado sem parar e o progresso que fizemos com as duas últimas especificações do motor foram grandes,” afirmou Verstappen.

Confira a classificação final do Mundial de Fórmula 1 de 2019:

1º Lewis Hamilton (ING/Mercedes) – 413 pontos
2º Valtteri Bottas (FIN/Mercedes) – 326
3º Max Verstappen (HOL/Red Bull) – 278
4º Charles Leclerc (MON/Ferrari) – 264
5º Sebastian Vettel (ALE/Ferrari) – 240
6º Carlos Sainz (ESP/McLaren) – 96
7º Pierre Gasly (FRA/RBR) – 95
8º Alexander Albon (/TAI/Toro Rosso) – 92
9º Daniel Riccardo (AUS/Renault) – 54
10º Sergio Perez (Mex/Racing Point) – 52
11º Lando Norris (ING/McLaren) – 49
12º Kimi Raikkonen (FIN/Alfa Romeo) 43
13º Daniil Kvyat (RUS/Toro Rosso) – 37
14º Nico Hulkenberg (ALE/Renault) – 37
15º Lance Stroll (CAN/Racing Point) – 21
16º Kevin Magnussen (DIN/Haas) – 20
17º Antonio Giovinazzi (ITA/Alfa Romeo) – 14
18º Romain Grosjean (FRA/Haas) – 8
19º Robert Kubica (POL/Williams) – 1
20º George Russel (ING/Williams_ – 0

Construtores:

1º Mercedes – 739 pontos
2º Ferrari – 504
3º Red Bull- 417
4º McLaren – 145
5º Renault – 91
6º Toro Rosso – 85
7° Racing Point – 73
8º Alfa Romeo – 57
9º Haas – 28
10º Williams – 1

O post Fórmula 1 teve Hamilton soberano e Ferrari decepcionante em 2019 apareceu primeiro em Gazeta Esportiva.