GP da Austrália de F1 é cancelado

A Fórmula 1 anunciou nesta quinta-feira o cancelamento do Grande Prêmio da Austrália, que ocorreria neste domingo, devido a pandemia do coronavírus. A decisão foi tomada em conjunto com a Federação Internacional de Automobilismo e levou em conta a desistência da McLaren de participar desta corrida, já que um de seus funcionários foi diagnosticado com a doença.

(Foto: Divulgação/Australian Grand Prix)

“Após a confirmação de que um membro da McLaren testou positivo para o COVID-19 e a decisão da equipe de se retirar do Grande Prêmio da Austrália, a FIA e a Fórmula 1 convocaram uma reunião dos outros nove diretores da equipe na noite de quinta-feira. Essas discussões concluíram com uma visão majoritária das equipes de que a corrida não deveria continuar. A FIA e a Fórmula 1, com total apoio da Australian Grand Prix Corporation (AGPC), tomaram a decisão de que todas as atividades da Fórmula 1 para o Grande Prêmio da Austrália foram canceladas.”, comunicou a FIA.

Ainda não há previsão de uma nova data, mas foi informado que todos que adquiriram ingressos serão reembolsados e os órgãos visam, com esta medida, priorizar a segurança de todos envolvidos no evento.

“Entendemos que esta é uma notícia muito decepcionante para os milhares de fãs que devem participar da corrida e todos os titulares de ingressos receberão um reembolso total e um novo anúncio será comunicado no devido tempo. A segurança de todos os membros da família de Fórmula 1 e a comunidade mais ampla, bem como a equidade da competição são as prioridades.”, completou.

O post GP da Austrália de F1 é cancelado apareceu primeiro em Gazeta Esportiva.